Linhas de Pesquisa

Em busca de novos Horizontes...

A busca pelos fundamentos técnico-científicos de uma educação de melhor qualidade ― associada à compreensão das interfaces do ensino-aprendizagem com as diferentes tecnologias e linguagens, numa perspectiva interdisciplinar e em todas as suas implicações e possibilidades ― requer esforços na investigação, produção e difusão de conhecimentos sobre os diversos aspectos envolvidos em processos de ensino-aprendizagem (gestão, docência, aprendizagem, mediação tecnológica, currículo, avaliação etc.), seja na educação presencial ou a distância, envolvendo tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC).

Nesse sentido, o Grupo Horizonte investe esforços nos seguintes três eixos temáticos:

1. Dinâmica entre Educação a Distância em sua convergência com a Educação Presencial

Integração dos processos formativos presenciais e virtuais (convergência de modalidades); flexibilidade espaçotemporal e curricular educação híbrida e aberta; elementos constitutivos da educação contemporânea (gestão, aprendizagem, ensino e tecnologia); políticas públicas, avaliação e evasão na educação presencial e na EaD; docência virtual (formação, prática e profissionalização); modelos de mediação/interação; trabalho pedagógico virtual; democratização do conhecimento pela formação virtual.

 

2. Tecnologias e inovação no processo educacional

Inovação pedagógica pelas tecnologias; sociedades grafocêntricas digitais; tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC); participação das TDIC nas convergências e no redimensionamento espaçotemporal; cultura tecnológica; letramento e inclusão/exclusão digital; tecnologis assistiva; informática educativa; educação e mobilidade; robótica pedagógica; objeto de aprendizagem; recursos educacionais abertos; bibliotecas/repositórios digitais para educação; ambiente virtual de aprendizagem.

 

3. Comunicação e linguagem na construção do conhecimento em novos cenários digitais

Educação na sociedade grafocêntrica digital; linguagem e cognição (mentes, máquinas e psicotecnologias); semiótica, signos e comunicação; análise do discurso tecnológico, pedagógico e midiático; narrativas, comunicação e educação; gênero discursivo (prática social e contexto histórico); redes colaborativas e mediação (pedagógica e tecnológica); letramento e fluência tecnológica; educação na cibercultura e no ciberespaço; ciência, tecnologia e poder; sociedades da informação e do conhecimento.